Como manter seu filho seguro nas redes sociais: dicas úteis

dicas para manter seu filho seguro nas redes sociais

Com o surgimento da tecnologia, as crianças são criadas sob a égide da Internet e do ambiente digital – portanto, ter acesso às redes sociais é normal e aceitável. Infelizmente, é provável que as crianças passem mais tempo em dispositivos digitais e plataformas de redes sociais, o que é uma causa de uma educação pouco saudável.

Com o uso excessivo das redes sociais, os pais estão preocupados e continuam a fazer esforços para proteger os seus filhos. Eles encontram muitas maneiras de controlar e gerenciar o comportamento de seus filhos nas redes sociais, mas falham. Portanto, é importante compreender o perigo das redes sociais e o que os pais devem fazer para sua segurança.

Crianças e mídias sociais

A mídia social é viral entre crianças e adolescentes, que gostam de passar mais tempo online e usar plataformas de mídia social, incluindo WhatsApp, Snapchat, TikTok, Instagram e Facebook.

É importante notar que quase 95% dos adolescentes passam algum tempo no YouTube diariamente. Além disso, 62% usam o Instagram, 88% têm contas no TikTok e 60% gostam de usar Snapchat.

Os adolescentes utilizam as mídias sociais para se comunicar, se expressar e explorar seus interesses. Essas plataformas online oferecem uma grande variedade de envolvimento e oportunidades de conexão. No entanto, é importante observar que o uso excessivo pode levar a problemas como depressão, ansiedade, isolamento social e distração acadêmica.

Vantagens de usar mídias sociais por crianças

  • Os recursos educacionais online oferecem uma vasta gama de informações para os adolescentes, mantendo-os atualizados sobre os últimos tópicos e eventos.
  • O aprendizado online oferece uma oportunidade única de autoexploração, permitindo que os adolescentes se aprofundem em áreas como arte, fotografia e edição de vídeo por meio de tutoriais e cursos virtuais.
  • Permite que as pessoas se conectem com amigos, familiares e colegas, promovam a consciência cultural e se exponham a diferentes culturas em todo o mundo.
  •  Aumenta a autoconfiança e a independência.
  • Isso me faz escolher novos hábitos, como ler, aprender e me conectar.

Desvantagens do uso de mídias sociais por crianças/adolescentes

  • Os adolescentes enfrentam perigos digitais como cyberbullying, predadores online e assédio,
  • Causa ansiedade, depressão, baixa autoestima e isolamento social.
  • Eles enfrentam riscos de privacidade por meio de riscos maliciosos
  • Eles expõem conteúdo impróprio, como linguagem adulta, violência e temas explícitos.
  • Passar muito tempo nas redes sociais causa distração acadêmica.
  • As contas podem ser hackeadas e informações vazadas.

Recursos de privacidade em redes sociais

As mentes por trás das redes sociais estão conscientes de que as crianças se juntam ao seu vasto número de utilizadores todos os dias, quer devam ou não, porque querem fazer parte da era digital do homem, sempre em movimento e nunca estagnada.

No entanto, é crucial reconhecer que crianças sob 13 muitas vezes aderem às redes sociais, por vezes sob pretexto. Estas plataformas não podem verificar a sua idade, o que se aplica a menores sob 18. Esta situação sublinha a importância de compreender e utilizar os recursos de privacidade disponíveis.

Além disso, redes sociais como Facebook, Instagram, Snapchat, Twitter, YouTube e Netflix fornecer uma variedade de opções de privacidade. Como pai ou responsável, esses recursos permitem que você torne privada a conta da rede social do seu filho. Isso garante que apenas amigos e familiares de confiança possam visualizá-los, segui-los ou adicioná-los como amigos.

Dicas para manter seu filho seguro nas redes sociais

As preocupações com a privacidade e segurança das crianças estão aumentando devido aos perigos online. Adolescentes criam contas nas redes sociais sem pensar suas restrições de idade e privacidade. Mas, como pais, é importante proteger as crianças e mantê-las seguras nas redes sociais. As dicas mencionadas abaixo irão ajudá-los nisso.

Dica nº 1: evite postagens excessivas

É crucial estar atento quando seu filho cria uma conta online ou publica conteúdo pessoal. É aqui que os predadores online podem encontrar e identificar a sua localização, escola e até endereço residencial. O ato de publicar tais dados pode levar a ameaças graves. Portanto, tenha isso em mente, restrinja seus filhos de postar excessivamente em sites de mídia social e aprenda a manter a privacidade.

Dica nº 2: restrinja contas públicas

Quando seu filho cria contas, controle as configurações de privacidade das contas dele. Não permita que eles compartilhem publicamente suas informações pessoais. Restrinja o compartilhamento de informações on-line. Isso pode proteger seu filho de muitos perigos.

Dica nº 3: evite conteúdo online

A mídia social é uma enorme plataforma com excesso de informações. É fácil para as crianças serem expostas a todos os tipos de informações em sites de mídia social. Alguns aplicativos sociais restringem o limite de idade para crianças que nunca aderiram ao aplicativo. No entanto, os pais devem estar alertas para o facto de conteúdos online inadequados poderem aparecer em plataformas digitais como TikTok, YouTube, Snapchat, E outros.

Dica nº 4: restrinja a amizade online

As crianças criam contas e gostam de se conectar com outras pessoas influenciando seus perfis e talvez por outros motivos. Mas não é seguro adicionar alguém que não conheça na vida real. Ensine seus filhos como estranhos pode beneficiar o seu inocência. Portanto, restrinja-os a seguir e adicionar qualquer conta anônima.

Dica nº 5: corrija as configurações de privacidade

É crucial definir a privacidade do seu filho contas digitais antes de começarem a usá-los. Esta etapa é fundamental para limitar a sua exposição a conteúdos online indesejados e inadequados, garantindo a sua segurança no mundo digital.

Dica nº 6: considere o controle dos pais

É importante contar com a ajuda de aplicativos de terceiros como controle dos pais. Isso ajuda os pais a restringir o acesso de seus filhos a conteúdo indesejado e permite que eles verifiquem se eles se comunicam com estranhos e o que eles dizem. Esta é a maneira perfeita de proteger a privacidade do seu filho ao usar aplicativos de mídia social.

Use TheOneSpy para manter seu filho seguro nas redes sociais

controle parental theonespyTheOneSpy é a única solução excelente para crianças seguras nas redes sociais. Isso permite que os pais verifiquem secretamente as atividades das crianças e encontrem a área de assistência. Isso é incrível para proteger os adolescentes de perigos online, como cyberbullying, assédio online e predadores. Os pais podem verificar remotamente tudo o que está acontecendo nos dispositivos dos filhos e desbloquear seu aplicativo de mensagens instantâneas para ler seus bate-papos, conhecer multimídia compartilhada e outros. TheOneSpy oferece uma ampla gama de recursos para proteger seus filhos dos perigos online sem conhecê-los.

Mensagens lidas: Com o aplicativo TheOneSpy, os pais podem ler as conversas de bate-papo de seus filhos nas redes sociais sem serem detectados, para saber o que eles falam com hora e data.

Visualizar arquivos multimídia compartilhados: com o aplicativo TheOneSpy, você pode verificar o que seu filho compartilhou, incluindo fotos, vídeos e muito mais

Bloquear aplicativos: TheOneSpy permite que os pais bloqueiem aplicativos inadequados nos dispositivos de seus filhos para evitar que eles acessem aplicativos inadequados.

Conclusão: como manter as crianças seguras nas redes sociais

Implementar a configuração de privacidade acessando e instalando o aplicativo TheOneSpy pode ajudá-lo a manter seu filho seguro nas redes sociais. Além disso, eles podem até permitir que eles se conectem com pessoas que conhecem e compartilhem seus pensamentos e opiniões.

você pode gostar também

Para obter as últimas notícias de espionagem / monitoramento dos EUA e de outros países, siga-nos em Twitter , como nós no Facebook e assine nosso YouTube página, que é atualizada diariamente.