Bullying Infantil – O que fazer se seu filho estiver sofrendo bullying?

bullying infantil o que fazer se seu filho estiver sofrendo bullying

A infância deveria ser divertida, alegre, de aprendizado e cheia de experiências lindas, mas pode ser um inferno para poucas crianças por causa do bullying. Embora o bullying infantil de maneira amigável e lúdica seja inofensivo, a opressão séria e irrestrita pode ter impactos graves na saúde mental, física e psicológica de seu filho. Além disso, pode influenciar negativamente as habilidades comportamentais e sociais do seu filho.

Os pais devem estar totalmente preparados para proteger os seus filhos do círculo vicioso do bullying, tanto no mundo natural como no cibernético. Assim, devem ser o bullying infantil, seus sinais e cuidados. Este artigo aborda o bullying infantil, as consequências e soluções caso seu filho esteja sofrendo bullying.

Como detectar o bullying infantil

A detecção é o primeiro passo da proteção; portanto, os pais devem estar sempre vigilantes para proteger os seus filhos de ameaças de revolta. Portanto, é necessário reconhecer os primeiros sinais de bullying. São apresentadas outras bandeiras vermelhas que ajudam a detectar o bullying infantil.

  • Se o comportamento deles mudar
  • Eles não se interessam por celular
  • Se eles falharem nos estudos
  • Eles se sentem deprimidos e deprimidos
  • Se eles evitam seus amigos e familiares
  • Se seus hábitos de sono e alimentação mudarem

Se você encontrar seu filho vivenciando esses comportamentos, apoie-o para lidar com o agressor.

O impacto do bullying infantil

O bullying e o cyberbullying têm efeitos duradouros na vida das crianças. O bullying afeta a saúde física e psicológica das crianças. As crianças enfrentam problemas de saúde psicológica como:

  • Ansiedade
  • Depressão
  • Baixa autoestima
  • Pensamentos suicidas
  • Estresse traumático
  • Declínio acadêmico
  • Isolamento social

As consequências sociais impactam diretamente os relacionamentos, o crescimento social e a saúde da criança. Isso também inclui alguns aspectos como retraimento social, dificuldade de relacionamento, rejeição de colegas, falta de habilidades sociais e comportamentos agressivos.

Tipos de bullying

Os tipos de bullying incluem diferentes formas e comportamentos destinados a prejudicar outras pessoas. Aqui estão incluídos:

1. Intimidação Verbal

Esse tipo de bullying inclui palavras ofensivas diretas para humilhar e degradar qualquer pessoa. Consiste em nomes falsos, provocações, insultos e comentários sobre a aparência de outras pessoas.

2. Intimidação física

Este tipo de bullying envolve danos físicos ou íntimos à vítima. Isso pode causar bater, tropeçar, chutar e empurrar outras pessoas. Isso é para mostrar o poder da vítima.

3. Intimidação Sexual

Esse bullying envolvia gestos, comentários e palavras sexuais indesejáveis ​​para deixar os outros constrangidos e muito mais. Também incluía toques inapropriados e rumores sexuais.

4. Intimidação social

Isto envolvia bullying de relacionamento para manipular relações e espalhar falsos rumores no círculo social da vítima.

5. Cyberbullying

O cyberbullying também é uma forma de bullying que ocorre em plataformas online através do uso de dispositivos digitais. Inclui comunicação online para assediar e prejudicar outras pessoas. Envolvia mensagens, comentários e postagens ameaçadoras e prejudiciais para abraçar outras pessoas.

O que fazer se seu filho estiver sofrendo bullying

Os pais desempenham um papel significativo prevenção do bullying infantil. Inicialmente, é difícil perceber o assédio e compreender os sinais de opressão verbal e emocional. Portanto, é recomendável ficar atento aos sinais de alerta de bullying infantil. Se você encontrar alguma mudança de comportamento em seu filho, converse com ele para saber se ele está passando por algo desagradável como Bullying.

A primeira e mais importante coisa na prevenção do bullying é a educação. Você deve educar seus filhos sobre o bullying e as maneiras de lidar com o agressor. Eles devem saber o que fazer e não deixar que o perseguidor os vitimize. Além disso, seu vínculo com os filhos deve ser forte o suficiente para que eles o informem caso os encontrem em apuros.

Os pontos a seguir também podem ajudar a preparar seu filho contra o assédio presencial e online. Para lidar com o Bullying, os pais devem seguir os passos como comunicação aberta, educação de crianças, conhecimento de tendências sociais e implementação de segurança social.

Etapa 1: cuidar do seu filho

Cuidar do seu filho é o primeiro passo para preveni-lo. Não está tudo bem se seu filho estiver triste ou deprimido. Certifique-se de que eles não estejam sofrendo nada pior no mundo online e offline. Se seu filho sofre bullying, fique atento para protegê-lo dessa situação. Discuta esse assunto abertamente e ajude seu filho quando necessário.

Etapa 2: definir limitações

Outra coisa importante é estabelecer limites e tomar precauções. A melhor maneira de combater o cyberbullying é usando configurações de privacidade e segurança. Aplicativos de mídia social como Facebook permita que os usuários escolham com quem entrar em contato, enviem um pedido de amizade, transmitam mensagens e vejam postagens nas redes sociais. O usuário também pode impedir que um perseguidor faça comentários de assédio em uma postagem. Os pais devem conhecer essas configurações para ajudar seus filhos a tornar as redes sociais e as contas online seguras e livres de bullying.

Etapa 3: use um aplicativo de controle dos pais como TheOneSpy

Então, use o melhor software de controle parental que permite que você fique de olho nas atividades online e offline de seus filhos para protegê-los do bullying no mundo natural e cibernético. Portanto, TheOneSpy é a melhor opção para proteger seus filhos dos perigos digitais. Com isso, você pode detectar mais cedo o que está acontecendo na vida das crianças e ajudar a protegê-las.

Usando o melhor aplicativo, você pode verificar as mensagens das crianças, ouvir chamadas, visualizar e ouvir seus arredorese encontre sua localização ao vivo. Isso não é o bastante; este software exclusivo fornece uma lista de spyware para analisar as atividades de seus filhos e ajudá-los a se revelar caso estejam sofrendo bullying.

1. Monitoramento de mídia social
Com o melhor aplicativo de controle parental, você pode verificar as contas de mídia social do seu filho para verificar seus bate-papos, chamadas e multimídia compartilhada. Isso permite detectar se eles estão sendo intimidados e protegê-los.
2. Defina palavras-chave e frases.
Para detectar o bullying, você não precisa percorrer longas conversas. Basta definir palavras-chave e frases para detectar se seu filho está sofrendo bullying e saber mais cedo.
3. Histórico de pesquisa
Esse recurso permite que os pais saibam se seus filhos procuram prevenção ao bullying para obter ajuda na Internet. Isso significa que seu filho está sofrendo e precisa de ajuda. Você pode conhecê-los secretamente e possivelmente ajudá-los.

Mantenha a evidência

As evidências são cruciais porque podem fortalecer o seu caso. É sempre uma má ideia excluir conteúdos de assédio, seja em mensagens, e-mails, ligações ou qualquer outra forma. Você também pode ter testemunhas que observaram o comportamento intimidador do algoz.

Obter Ajuda

Você pode denunciar seu caso às autoridades superiores assim que tiver provas suficientes contra o agressor. O professor da escola, os amigos ou os conselheiros estudantis do seu filho podem protegê-lo do bullying. No entanto, se o assunto permanecer sem solução, você pode entrar em contato com as autoridades policiais para tomar as medidas necessárias contra o agressor.

Conclusão

O bullying infantil não é aceitável em nenhuma situação e é uma questão social que precisa acabar com ações coletivas. Portanto, é necessário aumentar a conscientização, implementar estratégias anti-bullying na escola, abrir a comunicação e coletar evidências para tomar as medidas adequadas. Além disso, os pais devem conhecer o melhor software de monitoramento de controle parental para criar um ambiente digital mais seguro e proteger as crianças do bullying.

Espero que este artigo ajude você a aprender sobre o bullying infantil e como proteger seu filho dessa ameaça. Continue nos visitando para obter mais informações sobre paternidade e proteção infantil online e offline.

você pode gostar também

Para obter as últimas notícias de espionagem / monitoramento dos EUA e de outros países, siga-nos em Twitter , como nós no Facebook e assine nosso YouTube página, que é atualizada diariamente.