Sem comentários

Aplicativos de mídia social que violam a privacidade de adolescentes

Aplicativos de mídia social que violam a privacidade do adolescente

A geração z se tornou proto-adulto e cresceu como você poderia sonhar. Eles usam telefones digitais, internet e dispositivos de computador como seu pão com manteiga. Você pode se perguntar sobre os feeds de notícias de mídia social, mas os adolescentes estão ocupados enviando e recebendo mensagens, vídeos, fotos e mídia para seus amigos sem o seu conhecimento. Eles podiam enviar qualquer coisa para qualquer pessoa a qualquer momento. Aparentemente, você pode chamar isso de diversão, mas a verdade é que seus adolescentes estão com grandes problemas e violam sua privacidade de uma forma ou de outra em aplicativos de mídia social. Assim, os pais precisam se conectar com os telefones digitais das crianças e assumir o controle manualmente ou com a ajuda da tecnologia. Antes de discutirmos qualquer serviço que tenha a pretensão de privacidade, você precisa saber que as redes sociais, direta e indiretamente, colocam a privacidade dos adolescentes em jogo.

Ataques online que podem violar a privacidade de adolescentes por meio de aplicativos de redes sociais

Vários problemas de privacidade que os adolescentes podem enfrentar em aplicativos de redes sociais enquanto compartilham contatos, fotos, vídeos, áudios, nomes e muito mais. Os invasores online podem usar as informações dos perfis de mídia social dos adolescentes para várias ofensas criminais. Portanto, os riscos de privacidade estão aumentando e podem atingir com sucesso seus adolescentes.

  • Violação de localização
  • Fotos e vídeos compartilhados
  • Nome e contatos
  • Roubo de identidade
  • Vídeos compartilhados explícitos
  • E muitos mais!!!!!!!!!

As 10 principais ameaças convencionais à privacidade de mídia social dos adolescentes

1) Ataque de script entre sites

O invasor usa JavaScript malicioso no perfil de rede social ou navegador de destino, e o perfil de destino estará sob a influência do ataque em um clique. As técnicas deste ataque ainda são classificadas, e é uma técnica moderna ataque online no perfil de mídia social ou navegadores da web de alguém. A pessoa-alvo pode receber vários URLs e botões fascinantes que os adolescentes-alvo tentam clicar. Ele vai roubar as informações dentro do tempo.

2) Ataque de clonagem de perfil

O infiltrado pode usar um ataque de clonagem de perfil obtendo as informações de perfil do adolescente alvo. Os invasores são mais propensos a projetar um perfil de clone e criar um relacionamento de construção de confiança com o amigo do proprietário do perfil de destino. Uma vez que a conexão é construída com os amigos do adolescente alvo, o invasor faz seus amigos acreditarem que o perfil é genuíno e rouba as informações do perfil real. Os invasores também usam esse truque para cometer outros crimes online, como perseguição cibernética, cyberbullyinge chantagem jovens adolescentes.

3) Sequestro para controlar a conta de mídia social

O sequestro é um ataque online que permite que os invasores assumam as contas de mídia social alvo, como Facebook, Twitter, Snapchat, Instagram e muito mais. As pessoas usam essa técnica para fazer fraudes online, e eles sempre tentam segmentar contas de mídia social de jovens adolescentes com senhas fracas. Além disso, eles também podem enviar links maliciosos que podem prejudicar a reputação da pessoa alvo.

4) Ataque de Inferência

É um dos ataques perigosos às contas de mídia social de alguém. O ataque de inferência pode roubar informações valiosas escondidas nas contas de mídia social dos adolescentes. Consiste em técnicas de mineração de dados para roubar dados como lista de amigos da pessoa-alvo. O invasor também pode roubar informações organizacionais ou direcionar informações educacionais de adolescentes.

5) Ataque de desanonimização

É uma técnica que revela a real identidade do alvo nas redes sociais. Conhecimento em tecnologia predadores online pode revelar a identidade do adolescente por trás de perfis falsos em redes sociais como Instagram e Facebook. Os adolescentes são mais propensos a criar perfis falsos e explícitos, e a técnica de desanonimização pode revelar a identidade do adolescente escondido atrás de uma rede de mídia social.

6) Espionagem Cibernética

A espionagem cibernética consiste em Spywares maliciosos que os invasores instalam nos dispositivos de destino. Além disso, os métodos de engenharia social em sites de redes sociais podem roubar e-mails, senhas, fotos, vídeos e outros tipos de dados pessoais de pessoas-alvo que ninguém gostaria de compartilhar com ninguém, exceto com alguns.

Outros ataques de privacidade típicos nas redes sociais de adolescentes:

Aqui estão os ataques cibernéticos típicos que os adolescentes podem enfrentar em seus aplicativos de mídia social nunca antes e podem violar a privacidade:

7) Ataque de spam
8) Ataque de malware
9) Phishing
10) Roubo de identidade

Principais aplicativos de mídia social e rede da Verge violando a privacidade dos adolescentes

Aqui estão as cinco principais redes sociais que permitem que os adolescentes compartilhem sua privacidade com qualquer pessoa e, apesar de suas medidas de segurança, eles podem colocar sua identidade, dados, fotos e localização em risco.

Snapchat - A maneira mais rápida de compartilhar um momento!

O Snapchat é um aplicativo de mensagens sociais popular entre os adolescentes e permitido a partir de 12 anos. Ele tem uma má reputação de privacidade por enviar e receber fotos, vídeos e mensagens explícitas para outros contatos.

  • Não é uma rede social apropriada para a privacidade de um adolescente, não importa se remove todas as atividades entre os contatos após algum tempo.
  • Você sabia que os invasores podem usar aplicativos de terceiros para recuperar fotos e vídeos explícitos de adolescentes?

Crianças pequenas estão usando aplicativos de salvamento de fotos do Snapchat que podem roubar dados de adolescentes. Os invasores cibernéticos podem invadir a conta do Snapchat de alguém no telefone de um adolescente usando diferentes técnicas.

Yik Yak | O iaque está de volta

É uma plataforma de mídia social conhecida como chave para o cyberbullying. No entanto, os adolescentes estão usando em seus telefones digitais. O YikYak permite que os adolescentes criem salas de bate-papo on-line ad hoc desconhecidas para 500 usuários. Ele se conecta à localização geográfica que os usuários podem compartilhar e outras informações valiosas com qualquer pessoa. Além disso, os invasores cibernéticos podem hackear e controlar as contas dos adolescentes para obter informações privadas.

Tinder | Namorar, fazer amigos e conhecer novas pessoas

É um aplicativo de namoro popular entre os adolescentes. Ele permite que crianças de 13 anos criem seu perfil no Tinder e usem sua localização para obter correspondências nas proximidades. O Tinder lançou recentemente um recurso de encontro às cegas que permite que os adolescentes interajam com estranhos sem compartilhar seus perfis. No entanto, os usuários podem conversar com qualquer pessoa pessoalmente. Quase 7% dos usuários do Tinder têm menos de 13 a 17 anos. O Tinder é uma plataforma que não verifica os perfis, e os adolescentes são mais propensos a interagir com ofensores sexuais. Predadores online podem perseguir jovens adolescentes do Tinder e abordá-los em outras redes de mídia social usando suas fotos, nomes, vídeos e outros materiais enviados.

Redes populares do Facebook e Instagram e mensageiros instantâneos

O Facebook é um aplicativo de mídia social amplamente utilizado no mundo. Todos os adolescentes do mundo têm uma conta no Facebook e aplicativos de mensagens sociais relacionados, como WhatsApp e Instagram. Todo mundo adora usar o aplicativo do Facebook e fazer upload de dados como fotos, imagens, histórias, feeds de notícias, vídeos e muito mais. Aparentemente, o Facebook é uma plataforma social segura, mas está sempre sob ataque de predadores online e ciberataques. Os criminosos sexuais podem usá-lo para perseguição, cyberbullying e invasores online usam o Facebook para roubo de identidade, phishing e sequestro, ataque de clonagem de perfil e muito mais.

Kik Messenger - Um aplicativo de mensagens instantâneas gratuito

Kik messenger é uma rede social gratuita, e os predadores online podem facilmente perseguir adolescentes online. Você sabe por quê?

  • O aplicativo Kik Messenger permite que os adolescentes compartilhem seu perfil, nome de usuário e foto publicamente

Portanto, é mais provável que o perigo estranho se apresente nesta plataforma de mídia social. Os usuários jovens não se importam com sua identidade e informações de perfil. Portanto, as redes sociais Kik podem violar a privacidade de seu filho e colocar sua segurança em risco.

Como proteger a privacidade dos adolescentes nas redes de mídia social?

Os aplicativos sociais que discutimos anteriormente podem, direta e indiretamente, violar a privacidade. Portanto, os pais precisam saber o que as crianças estão fazendo nas redes sociais ativas nos celulares conectados ao ciberespaço. Assim, os pais podem usar os aplicativos espiões de telefone TheOneSpy em telefones para supervisionar suas atividades nas redes sociais em tempo real para impedi-los de ataques online e predadores online.

Recursos do TheOneSpy para proteger a privacidade do adolescente

Aqui estão os seguintes recursos que você pode usar em outro telefone para espionar aplicativos de mídia social para proteger a privacidade do adolescente e para evitar ataques online a tempo:

Gravação de tela ao vivo

O gravador de tela é a poderosa ferramenta do Aplicativo espião Android TheOneSpy. Ele permite que você grave vídeos ao vivo em uma tela de telefone ativa com redes sociais, atividades de navegação e muitos outros. Os pais podem assistir a atividades impróprias que podem violar a privacidade dos adolescentes e ataques online que podem roubar seus preciosos dados nas redes sociais.

Gravação de tela Recursos que você precisa saber:

screenshots

Os pais podem agendar capturas de tela nas redes sociais ativas no celular de destino para visualizar e ver as atividades. Você pode agendar várias capturas de tela para obter mais informações e proteger a privacidade.

Aplicativos espiões para redes de mídia social

O TheOneSpy possui várias ferramentas de espionagem de mídia social que permitem que os pais fiquem de olho em aplicativos populares de mensagens sociais que são os seguintes:

Espião do Facebook Messenger
  • Espião Instagram
  • Software espião Tinder
  • Espionagem de WhatsApp
  • Aplicativo de monitoramento Kik
Registro de pressionamentos de teclas

O registrador de teclas permite que os pais visualizem e gravar teclas aplicado em aplicativos de mídia social. Você pode gravar e capturar senhas, mensagens, bate-papos, e-mail e teclas de mensagens instantâneas. É útil que os pais vejam as senhas fracas dos perfis de mídia social dos adolescentes para evitar ataques cibernéticos.

Ver aplicativos instalados

Os pais podem ver aplicativos instalados no telefone de destino para apontar os aplicativos de mensagens sociais que podem violar a privacidade dos adolescentes e potencialmente ser arriscados para ataques cibernéticos.

Conclusão:

TheOneSpy é o melhor software de espionagem para Android que permite que os pais fiquem de olho na privacidade das redes sociais dos adolescentes. É igualmente adequado para os pais lidarem com ataques cibernéticos para recuperar, interceptar e proteger os dados das contas de mídia social dos adolescentes.

você pode gostar também

Para obter as últimas notícias de espionagem / monitoramento dos EUA e de outros países, siga-nos em Twitter como nós Facebook e assine nosso YouTube página, que é atualizada diariamente.

Redes sociais

Mais publicações semelhantes

Menu